O que é a Andropausa?

  • Bem-estar   •   27 Fevereiro

Depois dos 50 anos é comum o homem reparar que o vigor físico já não é a mesma coisa e o desempenho sexual já teve melhores dias. Juntamente com isso vem o cansaço, mudanças de humor, distúrbios de sono e diminuição da libido masculina.

É normal nesta idade e, apesar de a grande maioria achar que este problema se deve só à idade. Todas estas alterações e desconforto têm um nome de deficiência androgénica do envelhecimento masculino, mais conhecida por andropausa.

A  andropausa é identificada através de exames ao sangue, onde é identificada uma baixa hormonal. Esta baixa é reposta ou por via oral, transdérmica ou intra-muscular, dependendo do aconselhamento do seu médico. O problema da atribuição do tratamento, muitas vezes deve-se à falta de diagnóstico, por culpa tanto do indivíduo, por falta de queixa do problema, tanto do médico, por falta de investigação em relação aos níveis baixos de testosterona apresentados nas análises.

Cada homem é diferente, por esta razão na andropausa cada caso deve ser tratado individualmente, a fim de alcançar uma melhor qualidade de vida.

É importante que os homens procurem um médico para diminuir os sintomas, que irá recomendar um tratamento concebido para tratar a disfunção sexual através do uso de medicamentos para ajudar os pacientes a atingir a erecção quando tiverem relação sexual.

A libido de facto varia entre homens e pode ser esporadicamente reduzida por certas condições como o cansaço ou ansiedade, e é comprovado que a libido tende a diminuir gradualmente de acordo com a idade do homem, contudo, uma libido demasiado baixa pode causar problemas dentro do relacionamento.

Sinais e Sintomas

A falta de informação também é um grande fator para a falta de queixa e diagnóstico da andropausa. Estudos mostram que, de 3.200 homens inquiridos, 57% não sabem o que é a andropausa e outros 71% não conhecem os sintomas desta deficiência hormonal. É de referir que esta condição, se não for tratada, pode levar à impotência sexual. Aos primeiros sintomas procure ajuda com o seu médico.

O estilo de vida pouco saudável diabetes, obesidade e doenças metabólicas podem aumentar as hipóteses de desenvolver mais esta deficiência hormonal.

É importante informar-se e perceber que a andropausa é o resultado da mudança dos níveis hormonais e não, por exemplo, stress ou excesso de trabalho.

A falta de informação atrasa o diagnóstico e o tratamento, o que vai afetar a sua qualidade de vida, saúde mental e até os seus relacionamentos amoroso.

Esteja atento aos sintomas e escolha ser feliz!